Carros autônomos do Google vão chegar às ruas com volantes e pedais

Veículos terão volante e freios para que engenheiros possam assumir o controle se necessário.

google_car_00

Os carros autônomos do Google começarão a ser testados nas ruas no verão norte-americano deste ano, mas com volantes e freios, diferente do que a empresa previu um ano atrás. O anúncio, que foi realizado nesta sexta-feira, 15, disse também que eles circularão apenas nas ruas da Califórnia e com uma velocidade máxima de 40 km/h.

Engenheiros vão operar 25 protótipos dos veículos projetados pelo Google. Eles usarão o mesmo software que os utilitários esportivos Lexus RX450h do Google, que já rodaram de forma autônoma cerca de 16 mil quilômetros por semana nos últimos meses, disse a companhia em publicação no blog oficial.

Quando a companhia anunciou há um ano que planejava montar uma frota de veículos autônomos, o diretor do projeto, Chris Urmson, havia dito que os protótipos “não terão volantes, pedais de acelerador ou freio, pois não vão precisar”. Porém, os protótipos, no final, vão precisar desses controles críticos.

Montados em Detroit pela Roush Industries, os protótipos serão equipados com volantes, pedais de freio e acelerador removíveis para que engenheiros de teste “possam assumir a direção se necessário”, disse Urmson na publicação no blog.

Abaixo, o vídeo do carro autônomo da empresa:

Fonte: estadao/COM REUTERS

Deixe uma resposta